Postura Empreendedora

A atividade empreendedora exige postura de liderança uma vez que colaboração e parceria são fatores indispensáveis ao sucesso.

Ninguém chega sozinho a lugar nenhum e convivência produtiva só é possível quando há uma liderança saudável.

É certo que há pessoas que nasceram para liderar e outras para serem lideradas e a melhor receita para essa iguaria do relacionamento é saber dosar com inteligência alguns temperos básicos como: paciência, justiça, humildade, tolerância, respeito, empatia, competência, proatividade, ética, carisma, amor…

Coragem não é saltar de um penhasco sem pára-quedas.

Isso é asneira, burrice, idiotice, suicídio.

Coragem é a capacidade de assumir riscos calculados, previamente analisados, ponderados, avaliados em seus prós e contras de maneira séria, profissional e criteriosa.

Coragem é a capacidade de acreditar em si próprio e obter a solução onde outros não conseguiram.

Roleta russa não é coisa de corajoso, é coisa de desequilibrado.

O empreendedor precisa aplicar sua coragem ao lançar-se numa empreitada difícil mas só deve fazê-lo se tiver feito direitinho toda a lição de casa avaliando ponto a ponto cada nuance, cada detalhe, cada passo.

É esse cuidado que reduz os riscos e transforma o ato de coragem em um resultado de sucesso e é essa a maneira de ser corajoso do empreendedor, com inteligência, com bom-senso, com equilíbrio, com foco no resultado, com perseverança, com dinamismo, com entusiasmo e com a certeza do sucesso.

Deixe uma resposta