Casa de ferreiro

Consultor, na verdade, é uma espécie de aconselhador e como os sábios antigos já diziam que, se conselho fosse bom não era dado mas, vendido, pode-se concluir que um consultor não deixa de ser um aconselhador remunerado.

Aconselhar é uma atividade ingrata, cheia de surpresas e um exercício permanente de estatística, probabilidade e futurologia.  Pior ainda é quando o aconselhador tem a si próprio como cliente pois além de ter de acertar, a atividade será gratuita e terá a cobrança do pior dos críticos.

Aqueles que me acompanhavam através dos artigos deste blog, devem ter estranhado a longa ausência que, agora esclareço, foi causada por um problema pessoal bastante sério e intenso.

Como bom auto-aluno, procurei me valer dos próprios conselhos, tratei de buscar equilíbrio interior e uma enorme dose de disciplina, além da indispensável ajuda de amigos sinceros, seus ombros e colos reconfortantes. Como já sabia e esperava, depois de muita perseverança, muita luta, muito trabalho e enorme determinação, começo a sentir os primeiros resultados que me enchem de entusiasmo e me dão a certeza de estar saindo da queda livre e voltando a sentir a firmeza de solo firme sob os pés.

As cores recomeçam a brilhar e o ar readquire o aroma da alegria. A vida volta a ter aquela prioridade que nunca deve ser ignorada. Ressurge o sentido pleno e o verdadeiro significado de esperança.

Estou aqui de pé e à ordem para retomar a produção de meus artigos, esperando poder voltar a contar com a fidelidade de sua companhia, que é o mais importante e minha maior fonte de motivação.

Espero poder continuar contando com suas críticas construtivas bem como com as, sempre bem-vindas, sugestões de novos temas para reflexão.

Vamos cortar a fita e reinaugurar nosso espaço.

Vamos, juntos novamente, provar que, sim, é possível dizer que em casa de ferreiro, espeto é de ferro.  Ferro-liga, ferro nobre e inoxidável.

O grande ingrediente, o grande remédio, a panacéia tão sonhada é apenas a simples combinação de auto-estima e amor-próprio.

Mãos à obra!

 

Um comentário sobre “Casa de ferreiro”

Deixe uma resposta