O poder da fé

302

Quando dizem que a fé move montanhas, pode acreditar. Os laboratórios, quando vão avaliar a eficácia de um novo medicamento, fazem a experiência clássica de expor dois grupos de doentes a diferentes situações. Sem que saibam, um dos grupos recebe o verdadeiro medicamento a ser testado enquanto que o outro, apenas um placebo, uma substância inócua sem nenhum princípio ativo. O extraordinário é constatar em TODAS as experiências deste tipo o significativo número de curas entre os pacientes que apenas pensavam estar sendo medicados.

Como não tomaram o remédio e, a despeito disso, sararam, o que os curou?

Quando se tem a oportunidade de visitar pontos de peregrinação religiosa, pode-se ver a enorme quantidade de manifestações de agradecimento por curas e benesses recebidas. Qual a força invisível e poderosa que permitiu a transformação de tantos sonhos em realidade? Isso mesmo. Adivinhou. Acertou na mosca. A fé.

Quando se pretende atingir qualquer objetivo, é importante estar acometido da certeza de que terá sucesso. Acreditar no sucesso é um dos mais importantes componentes da somatória de forças que concorrem para atingi-lo. Entretanto, deitar em berço esplêndido e achar que apenas com este componente tudo será alcançado é um exagero que deve ser descartado, pois outro componente também poderosíssimo é o trabalho organizado, persistente e bem planejado.

Como a física nos ensina que para equilibrar definitivamente um plano são necessários três pontos não co-lineares, a base para o sucesso poderia ser entendida então como, trabalho, planejamento e fé, em qualquer ordem.

É bom não desconsiderar a força da fé. Basta dar uma olhadela para os lados e se conseguirá inúmeros exemplos de casos de sucesso obtido por acreditar ser possível. Como já disse certa vez um conhecido filósofo: “A fé não é apenas divina, mas também humana“.

Um comentário sobre “O poder da fé”

Deixe uma resposta